28/04/16

De onde eu te conheço



Não chovia, e se me lembro bem deveria ser nos anos 50 ou 60 por causa das vestimentas.
Chegava de limusine preta, mas não as limusines dehoje que só tem status, era um carro antigo e preto, bem lustrado e cuidado. Carro de gente que tinha o que esbanjar.
Era noite, e chegava só.
Ia visitar minha nem tão velha avó, que me recebia na frente da mansão, que tinha 2 andares, e vestia um vestido sob medida, super simples, de corte bem estrategico para valorizar sua silhueta magra.
Lembro de que fazia anos que não via ninguém dali, e me deparava com meu primo, o cara mais bacana do mundo que de magrelo, ficou deslumbrantemente maravilhoso.
Estva sem camisa, com o peitoral a mostra, musculos bem definidos, olhos azuis, cabelo bem baixo, branco e cheio de vicios.
Eu o abraçava muito surpresa, e alisava seu peito, enquanto ele fazia que ia beijar meu pescoço e roçava sua barba nele.
Lembro que ali descobri que realmente não fazia sentido casar me com meu noivo, mas sim com meu primo - sem aspiração para a vida luxuosa que tinha - mesmo sendo um boemio, um vagabundo que vivia as custas do dinheiro de minha avó por parte de pai, e nenhuma responsabilidade.
Eu não devia casar me e aquilo entrou em processo na minha mente. Eu não seria feliz.
Eu sempre suspirei pelo meu primo quando meninos e pequenos, mas agora já na fase adulta, era diferente. Era ele quem eu queria, era ele o amor de minha vida.
As pessoas percebiam meu notavel interesse nele, e me aconselhavam a me desviar dessa ideia maluca, pois não era por ele ser meu primo, e sim por ele ter certos vicios.
Quando minha estadia terminou e quado coloquei minha mala no carro chique, eu voltei para me despedir de meu primo.
Quando subi, havia uma festa, patrocinada por ele. Regada a bebidas, a drogas e a muita orgia.
O vi injetando droga em si mesmo e voltei super triste.
Casaria com alguém que não me fazia suspirar, com quem achei que amava mas não me despertava nada fora do comum.
Casaria e seria infeliz.
Mais infeliz seria, por abafar um grande amor da minha vida, e teria que abrir mão dele por ele ser viciado, e ser um fardo para mim.
Talvez isso explique porque, na 1º vez que te vi, achei você familiar, depois de muitas e muitas vidas depois.

Um bom amigo






Hoje cedo li que ter vários amigos, serve como aditivo a felicidade, e serve contra depressão e funciona mais rápido que a morfina.
Em diferentes fases de minha vida, eu me deparei com inumeras formas de amizades e lhe digo mais, algumas eu levo até hoje.
Tenho amigos que vejo muito raramente, e a sensação do reencontro é a mesma de quando tinha só 14 anos.
Tem supostos amigos que quando aparecem, fica aquele papo sem graça - você não liga pra vida dele, e fala só o principal -e fica sem assunto para abordar.
Tem amigos, que você jurava que ia levar para vida toda, mas eles mudam( seja pela faculdade, pelo casamento, um namoro, ou um emprego estavel).
Tenho a filosofia de que ja chorei muito na vida, por pessoas, por desamores, por amigos, e pelos filmes da DC e da Marvel; mas resolvi não fazer isso por qualquer um. Mas um belo dia fiz, e parece que um pedaço dentro de mim, adormecido surgiu. Lá estava ele, meu coração pulsando de novo, e sentindo se mal em um situação no qual se sabe que falta mais empenho.
Esse é um post que depois de refletir, resolvi não ligar mais.
A gente se acostuma com a dor, e prefere não ligar para não ter que ouvir mentiras e desculpas.
Sabe aquela situação de ser/ estar muito ligada a alguém, e de repente a pessoa muda? As coisas para ela triplicam, e ela deve se desdobrar em 100? Sabe aquela situação em que você manda mensagem e o dedo que abre para ver, não é o mesmo para responder- só te responde depois de 3 dias e meio, e dá qualquer desculpa para se desculpar pelo vacilo.
Sim, é dessas pessoas que falo: eu realmente não ligo.
Eu aprendi que se meu carinho, meu amor, e minha atenção a pessoas assim não valem a pena, nem por 4 segundos para faze las responder qualquer coisa, é porque já sou descartavel.
E como qualquer coisa descartavel, a gente não liga, porque uma hora se desintegra já que perdeu o significado, o valor e o real motivo de manter aquilo.

19/04/16

O que eu quero de você...




Quero sexo de manhã; me embrenhar entre o lençol e te abraçar forte;
Arranhar seu peito, alisar seu rosto com barba a fazer por 3 dias;
Te dedicar o maximo de carinho, esperando que o relógio pare no tempo;
Dizer que amo de formas diferentes;
Segurar sua mão sempre que possivel.
Sim, eu sempre estarei aqui, sempre que precisar.
Te trazer conforto no caos; deitar sobre seu corpo, te fazendo carinho;
te trazendo calor só para ver seus olhos brilharem.
Quero você como marido, como amigo, mesmo que seja assim, de um modo imperfeito.
Eu quero você perto de mim.


31/03/16

Rapidinhas



Cheguei em casa, larguei a mochila no sofá e saindo da cozinha vinha ela.
Só de camisetona, havaianas nos pés e mastigando um pedaço de bolo.
Me beijou forte,e eu não resisti em passar minhas mãos por sua linda bunda.
Os olhos dela brilharam, e veio aquele sorriso safado de quem gostava da situação.
Aquela hora eu estava realmente a fim, e pouco a pouco ela me conduzia a loucura.
Me empurrou até a poltrona, sentou se em meu colo de frente para mim.
Me beijava o pescoço, arranhava minha nuca, mordia minha orelha.
Ela se esfregava sobre mim, queria ser tocada, violada, atendida.
Abriu minha jeans, saiu de cima de mim e me fez retira lá as pressas.
Assim que fiquei semi nu, ela voltou a sentar se sobre mim.
Se encaixou bem, e cavalgou por minutos que pareciam eternos.
Esse era o jeito dela dizer que sentia minha falta, que pensou em mim.
Assim que gozamos, ela ainda ficou ali me olhando e sorrindo, aninhando a cabeça no meu ombro, e tocando com a ponta dos dedos o meu rosto.
Me Ergui, e a carreguei até o quarto, a deitei na cama, e logo me deitei próximo a ela, que me abraçou ternamente.

30/03/16

Triste fim de um coração partido





A sua música eu escrevi de baixo do braço, e guardei a 7 chaves, de você e do resto do mundo.
Os seu sorriso eu não questionei quando sua lágrimas lavaram minha composição.
Bom dia...
Sei que onde estiver, vai recordar de sua decisão.
Fácil, estranho ou difícil, você me teve nas mãos e nada fui para você,uma ferramenta sem utilidade.
Te dei tudo, um universo, e cativeiro uma paixão eterna... Veja, hoje parei na mesa do bar, bebendo chop, e ouvindo Jorge, me pergunto se foi justo o que fez comigo.
As pessoas debatem sobre política na rua e eu te vejo saindo de um carro, acompanhada, deixando tudo para lá.
Doi...
Eu não tenho mais nada seu, a não ser o amor.

Permita me lhe dar adeus




Permita me lhe dar adeus...
Está não é uma carta, mas só um desabafo de quem te gosta muito.
Você tem que partir, seguir seu rumo por  tempo indefinido.
Siga o.
Encontre seu pite de ouro, no final do arco íris.
Eu já fiz o que está fazendo comigo.
Já deixei de dar importância a muitos depois que soube o que era amor.
Mas é assim, é uma viagem com volta, mas com um preço.
Quanto mais ausente e longe ficar dos que te amam, maior será a carga.
Só terá a um amor a quem procurar, a quem compartilhar, e talvez mais ninguém para dividir lembranças.
Pode ir, pois meu peito não foi mais.
Afinal um dia eu fui assim, acreditei que homens que me tiravam do sério eram deuses imaculados.
Estive errada... E sabe que eu não LIGO?
Talvez eu tenha que te dar adeus, e aqui segue eu e você.
Duas vidas alternadas. Você se verá vítima do tempo, da cegueira, das fábulas da ansiedade do amor.
Isso passará, e logo virá outros capítulos e até você voltar, onde estarei eu?
Isso não sei dizer.
Também vivo de amor, mas com os pés chumbados no asfalto.
Eu vivo talvez a alegria de ter achado um amor, um momento curto, porque meu amor não dura até a volta do seu navio.
Somos pobres almas separadas, que aprenderam a conviver com a distância e reformular a forma de amar.
Então desta vez eu não peguei um navio, eu não deixei quem me esperasse.
Eu deixei sim uma vida ligada a gente podre, e coisa ruim para trás.
Mas você virou vinho, você mudou como química em água.
E embarcara e irá viver.
Viva, mas nem eu posso te prometer aqui estar para te receber, porque nunca saberei para onde meus pés podem me deslocar.
Então viva com a certeza se é certo ou não.
Mas não esqueça: não cobre dos que te amam, aquilo que infelizmente não poderá mais dar.

20/03/16

Porque o caminho mais difícil?




Eu estive ocupada ( inglês, fotografia, cursos do SENAI, e etc) e me peguei um dia querendo fazer um post sobre : o que tem por trás das grandes fotos.
Vou fazer melhor, vou falar do caminho mais duro.
Na vida a gente pega as vertentes, os atalhos, e acha que é o suficiente.
Para muita gente isso dá certo, é fato!
Mas se você for como eu que quer entender a mecânica de tudo, faça o mais difícil.
Uma vez me peguei com uma mania ao desenhar: eu detalhava em closes uma única pessoa para entender a mecânica do corpo dela. ( é insano, trabalhoso até porquê pegar closes para montar uma pessoa, é algo que você nunca vai ouvir comumente).
Outra vez descobri que queria fazer uma segunda língua e escolhi alemão. OK, é a segunda mais difícil depois do mandarim.
E essa mania de coisas difíceis me persegue, e mais uma vez para entender algo eu preciso saber a mecânica, como em fotografia.
Você não tem uma boa base se não souber história da arte, se não estudar luz e sombra, penumbra, anumbra, e muito menos será eficiente se não souber regra de terços!
Mas porquê?
Porque muita gente esquece que fotografia não é uma arte a parte das artes visuais ou belas artes, ela é inclusa.
Se você estudar só fotografia vai ter 4 anos mais técnicos e teóricos do que práticos.
Poucas matérias vão te encantar; talvez você não saiba fazer nada além de tirar fotos, e sua intenção era expandir um leque amplo.
Conheço excelentes fotógrafos, que como alguém mais humilde sabe que muitos começam pela arte da curiosidade, dão aulas na internet, gravam vídeos sensacionais e claream mentes alheias.
Digo a você que não quer perde 4, 6, 8 anos da sua vida estudando teoria que se questione se este é o certo.
Se você não se importa em absorver informações sem problema algum, tente.
Ninguém lá atrás me falou dos caminhos curtos, e dos complexos.

09/03/16

Porque tudo é difícil?

É difícil parar de dizer que É difícil...
É difícil o começo, deixar a raiva para lá.
Difícil voltar e pedir desculpas.
Também é difícil mudar, seja de profissão, de área, de carreira, de casa, ou de modos.
Difícil comprar, vender, sair na chuva ou da cama.
Difícil largar o vício do video game, do cigarro, da pinga ou da punheta.
Difícil construir medidas quando se quer mas nada se faz para ter.
É puta difícil!
Acho que difícil é uma palavra que define o ser humano desde quando ele nasce.
Mas o primeiro, segundo, terceiro passo são difíceis.
As quedas doem sem exagero, mas quanto mais longe quiser ir, mais complicado será. O difícil, é para os amadores, o resto se tira de letra.

08/03/16

Você tem que aprender com as pausas



Antes de começar mais um texto, obrigado à você que nos segue na página do facebook deste site.
Eu achei que fosse fácil, que seria como nos filmes de Harry Potter, ou contos de Nárnia. Mas espera, a realidade por si só não tem gosto muito doce, não tem aspecto muito favoravel, e nunca é tranquila!
Se tratando daquilo que se decide seguir, ser, viver, você pode ter que esperar. Esperar em muitos dos casos é um problema, é um fardo enorme.
Por noites eu pensei que  portas se abriam, e quando essas mesmas portas me induziram a tomar uma decisão, parece que nada mais é tão evidente assim. Nada se move, nem para esquerda ou direita, nem para frente, nem para trás.
No fundo eu sei que as pausas são necessárias, e no fundo todos nós sabemos disso. Mas confiar em tudo, em um silêncio mortal como se o carro estivesse enguiçado no meio do nada em plena 3 da manhã, sem sinal de telefone, e sem saber onde está... É dificil.
Com as pausas, aprendemos a aperfeiçoar a paciência, a treinar a persistência, a começar a planejar o futuro enquanto ele não chega.
Com as pausas é preciso treinar a fé, reforçar aquilo no qual se crê.
É um tempo longo, ocioso, no qual você não precisa dividir seus projetos e pensamentos; é o único tempo em que amigos não são bem - vindos.
Esta quase uma estrada que te convida a sair do carro, e caminhar por ela as 3 da manhã para buscar um orelhão, um posto de gasolina ou uma casa abandonada.
Seus pés vão doer, você terá fome, frio, medo de ser seguida, medo de ser acuada, arrastada, mas seja você mulher ou homem, o sofrimento é letal. Você se torna mais forte a cada vez que pronuncia sua oração. E Deus te faz pensar : - Se crê em mim, com uma fé cega, porque não crêr que pode chegar ao final de tudo isso, conquistar o que quer, sem reclamar?
Como qualquer ser humano, é complicado não resistir ou resistir.



21/02/16

Nem todas as verdades





Eu costumo ir para uma igreja mas não sigo a doutrina depois de ouvir absurdos, e perceber aquelas frases embutidas nas pregações: a nossa crença, o ser batista é o que está certo! Porque ser da universal, ser testemunha de Jeová é um caminho ruim.
Ok, o cara estudou para desenvolver isso, problema é dele e não meu se ele induz sutilmente as pessoas a pensarem assim.
Vou te contar uma coisa: eu sempre digo que dos males o pior, não ser batizada para mim é um direto de ir e vir.
De ACREDITAR em você, de discordar e de me achar errada.
Eu não tenho religião porque Deus não é e nem se define isso. Eu creio com alma, pés e mãos que Ele me trouxe até aqui.
O que escrevem, o que falam, o que dizem, eu me isento até de querer saber, e você sabe o porque?
Muitos crentes, sejam os novatos ou os que já passaram dessa fase, eles não te descrevem Deus como ele é. É como um professor usando um livro que não consegue sair daquele domínio e explorar outros exemplos, outros contextos.
Para mim religião seja qual for, é física, alquimia, química e metafísica tudo envolvendo a tradução do "como Deus é" e " como Deus nos criou".
Vocês que ficam nessa de decorar, de usar parâmetros, e interpretar mal um livro escrito sim por pessoas com dons de mediunidade, deveriam prestar atenção no que de fato a vida é.
Não se resume tudo na bíblia, se resume no dia a dia. Se você acha que não é digno de orar e falar com Deus, porque pecou, se afastou dos tais caminhos estipulados, você tá ferrado.
Não, antes existisse o mar de fogo do mármore do inferno, para você cair de cabeça lá! Mas se você não é capaz de se conectar a ele, e querer que tudo dê certo, mas se exclui da responsabilidade de fazer toda e qualquer tentativa porque pecou, meu amigo, minha querida, você é digna de pena.
Todo mundo erra, e se não for você chegar a ele, não pense que a mão na sua cabecinha daquele pastor, daquele bispo irá mudar tudo.
Certo dia, depois de tanto ler, ler, ler, ler, ler, e claro observar, eu passei por um teste.
Uma noite antes do incidente, eu fiz minha oração e pedi a Deus que me testasse, que me usasse da forma que achasse melhor para minha evolução.
Até porquê eu nunca concordei com a imagem que há dele, do Deus que comanda batalhas, que mata, que isso e aquilo.
Tudo ocorre porque tem ser, é permitido pelo livre arbítrio do homem e lógico você tem um preço a pagar.
Uma manhã as 8:40 eu me deparei com uma situação assustadora, e eu fui tomada com certeza absoluta da mão Deus, de um guia, de anjos, porque eu tive que salvar minha vida, a vida de outra pessoa, e ter uma maturidade e passar para a pessoa que tava comigo calma.
Não é algo que se diga ser fácil de fazer, independente do incidente. Eu tive crise pós traumática por uns 2 meses e meio. Dormia a base de remédio e olhe lá quando tomava, porque eu imaginava que se eu não tivesse sido um instrumento na mão de Deus, tudo teria caminhado para uma tragédia.
Depois disso eu confesso que vivo um dia de cada vez, sempre pedindo a mesma coisa.
Se eu te contar que Deus me livrou de morrer milhões de vezes lógico você vai achar piegas, mas era para eu ter sido atropelada quando tive uma transe ao esperar o semáforo abrir para eu passar. Pus os pés na faixa e eu não lembro, eu entrei num transe, porque nunca teria atravessado uma avenida em movimento, e parado no meio dela. Quando eu recobrei a consciência eu tava parada no meio da pista, com uma moto cuja a roda encostava nas minhas pernas. E o cara tava gritando comigo há minutos.
Eu tive experiências que muita gente que se diz ser crente ou de uma religião, não teve. E isso não faz de mim especial. Eu só creio no que vi, no que existe, e no que sempre me protege e dá condições de ficar de pé.
Então se a vida ta ruim, não esqueça que mesmo culpando Deus por suas escolhas estúpidas que te fizeram chegar até aí, ele espera por você, por sua oração, de braços e ouvidos abertos.

A passagem sagrada





De onde viemos e para onde vamos, não me interessa tanto.
Ontem dormi mal, pensando em tudo o que li e tudo o que uma sensitiva escandalosa diz ser verdade na TV.
Me questionei sobre algumas verdades como :  Se todos vamos passar pelo processo de desligamento do corpo, fazer a passagem, porque muitos ficam?
Então só vamos para o plano que merecemos, caso aceitarmos deixar tudo para trás?
E o que dizer de espíritos maus?
Aqueles ditos da encruzilhada, das invocações?
E a chance deles?
Se é que tem sentido, quando ná s desligamos, passamos por um processo de recaptular tudo o que foi vivido, onde se errou e onde deve se melhorar- e esses espíritos maus? Eles são tratados como seres que não cabem mais a bondade de Deus a evoluir.
Se é que vamos para um lugar após morte conscientes, aprendendo lá o que deveríamos ter colocado em prática , esses espíritos muito maus, são exclusos disso? Não cabe a eles evoluir? Então se pensarmos em Hitler, o espírito dele pode não ter evoluído conforme os anos, e ainda segue na maldade? Ainda pode ter se recusado a partir, e estar na terra?
De onde vem tanta força má? Tanto poder e ódio em destruir e causar sofrimento, se nem na morte não há pago? Fica tudo impune então?
Eu não estou dizendo que não acredito ou deixo de crer.
Deus e meus anjos são fundamentais para mim, e isso eu compreendo o quão real é.
Moro numa casa de numeração 6 que dizem ser a casa de todas as almas.
OK, vemos muitas coisas aqui. Crianças, velhas, soldados fazendo café, mas e se eles estiverem de passagem?
Eu não sou obrigada a crer que tudo é ruim!
As luzes queimam, temos sempre problemas com vazamentos, canos estouram ou racham, recentemente ocorreu um mini incêndio, mas eu não na minha humilde e forjada ignorância não posso permitir pensar que : algo é mais forte que Deus, que a casa é um ambiente ruim.
Nem tudo o que ouvimos na TV é fato, e lógico é para chocar! E fiquei chocada.
Então que seja como for, passe quem tiver que passar e seguir seu rumo, mas Deus é um só.
Tem algo mais poderoso que ele? Tem alguma coisa no centro do universo todo que não tenha sido criado por ele?
Não.
Então se um dia eu tiver que ir, vou devolver a alma que ele me concedeu.
E para onde vou, em que condições estarei, não cabe a mim pensar. Que haja paz, porque sei que se trilhar os caminhos que ele abriu para mim, serei amparada independente dessas coisas pré embaladas de igreja- se você não se batizar, não cair no chão, se não se humilhar, não é um Salvo- não isso que determina nada!
Então deixemos pessoas que morreram onde devem estar, as dúvidas ficarem onde estão, e os charlatões cobrando por reike.

11/02/16

3 anos



3 anos e eu não consigo olhar para ele e romantizar, a ponto de tirar uma foto abraçada e o beijando.
Sim, eu tenho sentimentos, mas acho tão fake esses casais que posam nas fotos e escrevem 5 anos, 6 anos, 10 anos juntos... cara, não me enrola! Todo relacionamento evolui de um tamagoshi fofo para um godiza - é fato! Eu olho pro meu parceiro e sei que é um ser humano, que tem ideias geniais, que tem um senso critico forte, e blá blá blá. Não dá para romantizar e fazer uma foto meiga, se não se vive 365 dias do ano que nem o arco - íris do bob esponja!
Não dá porque as pessoas evoluem, mudam de postura, e isso acontece imagina o "gostar" ou o tal "amar", e esse sim muda.
Ninguém permanece por 6 anos com a mesma postura torpe de apaixonado por 9 anos, seja com que mulher for, ou com que homem for.
O ser humano muda de necessidades, traça metas, vive derrotas, faz escolhas e dificilmente um relacionamento fica "bonitinho" enlatado para consumo estilo midia digital.
Pode passar o photoshop que for, no meu caso em 3 anos você desenvolvi tecnicas estilo n.c.i.s; tudo se quer saber, tudo se faz necessário saber.
Já tiveram dias de discussões ( ponderamentos de ideias onde um sempre discorda do outro), dias em que qualquer palavra mal expressa significava outra coisa, dias em que nunca dava certo tirar por menos. Tiveram dias em que eu desejei estrangular ele, chutar ele pela ladeira abaixo, mas também tiveram dias de muito amor; dias em que o acordava 6 da amnhã para abrir a porta do banheiro para mim, ou me aninhava do lado dele para transarmos, ou simplesmente não era necessário dizer nada.
Quando começamos, havia muito mais a necessidade de transar, quase engolindo um ao outro, ou atear fogo de vez um no outro que se importar com o futuro. Não tem manter por 3 anos isso. A vontade de transar existe, mas há uma divisão honesta de eu sou eu, e você é você; ou as suas coisas, as minhas coisas e as coisas que teremos! Não se pode ser um antes de casar, e perder sua identidade. Muito das manias dele e das minhas se confundiram, mas não se pode clonar pessoas.
Não se pode manter 3 anos identicos de sexo as 2 da manhã no sofá da sala, com a tv ligada, e as almofadas voando.
Amor se torna mais que amor em 3 , 4, 5, ou seis anos, e porque não para a vida toda. eu prefiro enxerga lo como alguém que admiro, como um homem brilhante com capacidades geniais de construir e criar o que quer; paixão esfria, sexo conforme os anos vai se tornando algo só para constar esporadico e menos importante, amor sempre foi enxergar no outro aquilo que ele realmente é.